Vender e comprar pela internet nunca foi tão fácil. Uma gama de produtos e serviços são oferecidos por uma diversidade de empresas, e clientes se beneficiam das inúmeras alternativas na busca pelo melhor preço. Novos sistemas e estratégias de marketing passam a exigir mais do lojista, que conta com novas opções para impulsionar o comércio online e se sobressair frente à concorrência.

Diante desta nova tendência mercadológica surgem os novos modelos de negócios baseados no conceito “One Stop Shop”, chamados de marketplace. Múltiplas empresas se juntam e passam a oferecer numa única plataforma todo o processo de busca, compra e pagamento.

O modelo marketplace online já é bastante difundido no mercado B2C, mas a nova proposta passa a abrir espaço para o mercado B2B (transações comerciais que acontecem entre empresas), tornando promissora uma nova aposta de mercado para o marketplace B2B.

Verdadeiros “shopping virtuais” os marketplaces B2B facilitam e agilizam o processo de busca e contratação de fornecedores de produtos e serviços diretamente de plataformas digitais. A proporção “ganha-ganha” é estabelecida e todos os envolvidos são beneficiados. Ficou difícil entender como funciona? Acompanhe o post e entenda o processo.

Como funciona um Marketplace

Verdadeiros “shoppings online” os marketplaces se destacam pela diversidade de lojas num único espaço. A possibilidade de integrar infraestruturas e tecnologias prontas dentro de plataformas com grandes empresas vem chamando a atenção de companhias que não possuem orçamento suficiente para alavancar a marca e nem para abrir um e-commerce próprio.

Marketplace B2B no Brasil e no mundo

Existem diferentes marketplaces B2B disponíveis no mundo todo de acordo com a necessidade e preferência de cada negócio. Entre os mais conhecidos para o mercado internacional podemos destacar o chinês Alibaba, que foi fundado em 1999 e hoje já está presente em cerca de 240 países com mais de 18 milhões de usuários, conectando vendedores e compradores de produtos e serviços de uma infinidade de negócios.

O mercado nacional também conta com algumas opções como o oHub, uma das maiores no país que trabalha com venda de serviços de qualquer área de atuação. Outro grande destaque no país é o B2Brazil: voltado para o mercado internacional ele é um marketplace para empresas estrangeiras que desejam entrar em contato com negócios brasileiros.

As vantagens de um marketplace B2B

O funcionamento de um marketplace B2B é simples: de um lado fornecedores e do outro compradores, entre ambos um única plataforma que cria um ambiente em que seja possível realizar intermediações de contato entre novas empresas e até finalizar a contratação de serviços.

Um dos pontos que vem alavancando o modelo de marketplace B2B é a melhoria e encurtamento nas negociações, que estimula uma competitividade saudável. Qualquer vantagem competitiva que seja oferecida sobre um produto ou serviço já é um ponto positivo para que o negócio saia na frente.

Se as expectativas não forem atendidas, muitas outras empresas estarão à disposição no mesmo ecossistema virtual. No caso dos marketplaces, o comércio virtual é estabelecido entre empresas e não entre os consumidores finais.

Benefícios para compradores

  • Redução do tempo gasto para encontrar fornecedores, já que a procura pelo tipo de serviços é filtrada e a escolha realizada mais rapidamente;
  • Melhoria no processo de negociação, uma vez que fornecedores estão aptos a receber um grande volume de pedidos e o processo de barganhar um bom preço é facilitado;
  • Redução de custos relacionados à transação comercial, que no caso do marketplace é menor.

Benefícios para fornecedores

  • Com uma carteira de compradores em potencial, os custos de conquistar novos clientes acaba diminuindo, uma vez que a dinâmica de entrar em contato com cada um é substituída através das plataformas via internet;
  • A distância entre fornecedores e compradores é diminuída pela interação estabelecida na plataforma, que é realizada totalmente online e de forma dinâmica;
  • A decisão de compra de compra é mais rápida, o que diminui o time to market.

Por que vender em um marketplace?

  • A plataforma disponibiliza uma grande variedade de produtos e marcas, o que gera um maior tráfego de acessos que aumenta a presença online dos marketplaces. O resultado não poderia ser diferente: um maior número de vendas;
  • A chance de novos consumidores se interessarem por seu produto ou serviço é grande, uma vez que usuários que navegam em um marketplace estão procurando bons preços e qualidade;
  • A possibilidade de comprar tudo num mesmo checkout pode ser atrativa, uma vez que existe a opção de adquirir produtos de diferentes fornecedores.

Ajudamos você a entender o fascinante mundo do e-commerce através dos Marketplaces? Compartilhe conosco suas experiências!