Todo site de empresa precisa de um bom SEO, pois isso permite aumentar seu ranking no Google, o tráfego, e assim ampliar o alcance da marca. Mas quando a sua empresa é um negócio digital – como no caso de um e-commerce – o SEO passa a ser também um fator que influencia as vendas diretamente. Uma otimização para mecanismos de busca inexistente ou mal feita pode ter um impacto negativo sobre o faturamento e a lucratividade da sua loja virtual, por isso nesse post você vai entender melhor algumas técnicas de SEO que você pode aplicar ao seu e-commerce para atrair novos visitantes.

Confira as melhores Técnicas para E-commerce:

SEO através de palavras-chave

Infelizmente, não é tão fácil aplicar essa técnica de SEO diretamente a um e-commerce. A estrutura destas plataformas não favorece tanto o uso de palavras-chave, pois e-commerces geralmente não têm muito foco no conteúdo – diferente de um site ou blog tradicional. É por isso que a melhor estratégia é unir a plataforma do e-commerce a um blog, pois ele atua como o foco do SEO e impulsiona o ranking do negócio nas ferramentas de busca.

SEO através de links

Os links internos também favorecem o SEO de uma página da internet, e o e-commerce tem as condições perfeitas para esta técnica. Como os produtos estão muito relacionados – divididos em categorias, com sugestões de compras similares, indicações dos produtos mais vendidos – toda a plataforma de e-commerce é uma grande rede de links internos. Organizar essa rede para que seja o mais eficiente possível, enquanto ainda se mantém fácil de navegar, é um dos focos do SEO em e-commerce.

Escolha uma plataforma otimizada

Algumas plataformas de e-commerce já vêm preparadas com recursos para a otimização de SEO. Isso facilita muito o trabalho interno, pois todas as ferramentas já estão lá – basta colocá-las em uso. Se a plataforma que o seu e-commerce utiliza atualmente não é otimizada para SEO, e não traz ferramentas que facilitem este trabalho, a melhor solução pode ser a troca de plataforma.

Redirecione páginas

Quando uma página de produto (dentro de um e-commerce) é removida, é preciso tomar cuidado para que o seu trabalho de SEO com ela não seja perdido – pois o tráfego que chegar até lá não será convertido em vendas. Para evitar esse resultado negativo, redirecione os usuários para outra página com uma sugestão de um produto similar, por exemplo.

Crie descrições de categoria

Já falamos um pouco sobre o fato de que o e-commerce por si só não favorece muito o SEO através de palavras-chave. Mesmo assim, você pode aumentar a relevância de algumas páginas, criando descrições de categorias. Essas páginas provavelmente vão obter os melhores resultados em SEO, mesmo de maneira orgânica. Então, basta aproveitar estratégias de links internos para dispersar o tráfego para as páginas de produtos.

Otimize o SEO para datas especiais

Quando você pensa no SEO do seu e-commerce, provavelmente seu instinto é otimiza-lo para os produtos. Assim, quando alguém procurar por “sapatos” ou “eletrônicos”, vai chegar até a sua loja virtual. Mas você também pode adotar uma outra estratégia, e otimizar o seu SEO para datas especiais. No Dia das Mães ou Dia das Crianças, por exemplo, acontecem picos de busca por presentes; essa é uma chance de aumentar também o tráfego para seu site. Para isso, você vai precisar deixar seu SEO preparado para estas datas.

Use recursos adicionais

Muitas vezes, os mecanismos de busca favorecem as páginas que usam recursos adicionais, no seu ranking de relevância. Por exemplo, páginas com vídeos ou áudio conseguem um posicionamento privilegiado. Você pode usar esta estratégia a seu favor, incluindo vídeos de demonstração nas páginas dos produtos, por exemplo. Não é um recurso que se aplica a todos os casos, mas é uma maneira simples e eficiente de melhorar o SEO do seu e-commerce. 

Curta a Plugg.To no Facebook e tenha sempre um conteúdo de qualidade na sua timeline!