Nos últimos anos, o conceito de marketplace se popularizou entre varejistas e consumidores. O principal motivo para isso, é que ambas as partes envolvidas na compra e venda de mercadorias e serviços aproveitam os benefícios trazidos pela ideia de um shopping online. Esta é uma modalidade de e-commerce que já é adotada por pequenas e grandes marcas.

Mas será que vale a pena fazer integração marketplace? Antes de responder a esta pergunta, é preciso entender quais são os custos e benefícios envolvidos para sua empresa. São exatamente estas as informações que trazemos nesse post. Acompanhe:

Quais os benefícios de anunciar em um marketplace?

Um marketplace funciona como um grande catálogo online: o consumidor entra em uma plataforma como o MercadoLivre ou o Submarino e encontra uma diversidade de produtos que podem ir de livros a carros. São milhares de mercadorias anunciadas por diferentes marcas. Para os anunciantes, as principais vantagens são:

  • Maior visibilidade: marketplaces apresentam um significativo número de acessos diários. O MercadoLivre, por exemplo, é o site de e-commerce mais acessado no Brasil e tem uma média de 2.500 buscas por segundo, segundo dados divulgados pela empresa. Ou seja, anunciar em sites assim abre a possibilidade de que muito mais clientes cheguem até a sua loja virtual.
  • Menores gastos com publicidade: estas são plataformas que já contam com uma estrutura de divulgação pronta e o custo para isso é dividido entre todos os anunciantes do site, portanto, o gasto com publicidade é muito menor para sua empresa.
  • Redução de custos com tecnologia: um marketplace é uma plataforma que conta com soluções e pacotes prontos para quem quer anunciar produtos. Despesas com criação de site, melhorias no layout, manutenção e sistemas antifraude são todas por conta da plataforma.
  • Mais credibilidade para sua empresa: MercadoLivre, Extra e Submarino são alguns exemplos de marketplaces. Com certeza são nomes que você já conhece, certo? A maioria dos consumidores também. Muitos compradores preferem fazer negócio em plataformas que já conhecem e confiam, por isso, ao anunciar nestes sites, as suas vendas têm boas chances de crescer. Segundo um estudo divulgado pela E-bit, empresa que reúne informações sobre o e-commerce no Brasil, mais de 30% das compras feitas na internet hoje são realizadas em marketplaces.

Quais são os custos que devem ser considerados?

Quanto custa para sua empresa aproveitar todos estes benefícios? Cada plataforma tem o seu próprio modelo de negócio. Algumas cobram uma mensalidade do anunciante, outras pedem uma comissão por venda realizada. Esta comissão pode chegar a 20% do valor do produto. No MercadoLivre, por exemplo, as tarifas para quem escolhe anunciar nas categorias Clássico e Premium (que têm mais visibilidade) são de 10% e 16%, respectivamente, por venda efetuada.

Além disso, é preciso apostar em estratégias que destaquem os seus anúncios dos outros publicados nestes sites. Para isso, é necessário investir em sistemas de integração que garantam maior controle sobre os anúncios e respostas ágeis aos consumidores. Frete grátis, ou com valor reduzido, também é um bom exemplo de estratégia que atrai a atenção do consumidor virtual e ajuda a aumentar as suas vendas.

Para saber se este é um bom negócio para a sua empresa, calcule todos estes custos e faça uma comparação com os gastos envolvidos na criação de um site próprio. Você também pode apostar nas duas estratégias: manter um e-commerce só seu para consolidar a sua marca, e anunciar em marketplaces para aumentar a visibilidade dos seus produtos e ter mais um canal de vendas, a custos reduzidos. No geral, a parceria com um marketplace costuma ser um sucesso, com benefícios para o varejista, para a plataforma e para o consumidor.

Saiba mais sobre as vantagens de anunciar em um marketplace. Aprenda a Integrar MercadoLivre com seu Marketplace!