Para quem tem loja virtual, os marketplaces são excelentes opções para aumentar a visibilidade da marca e impulsionar as vendas. No entanto, alguns donos de e-commerce ainda ficam na dúvida sobre as vantagens de incluir os seus produtos nestes espaços quando sabem das exigências que devem ser cumpridas.

Estas podem variar entre um marketplace e outro, mas, de forma geral, podemos dizer que elas visam garantir a qualidade do atendimento, o cumprimento de prazos e a simplificação de processos. Estes são cuidados necessários, afinal, as vendas realizadas pelos lojistas também refletem na imagem e reputação do marketplace.

Vale dizer que esta qualidade no atendimento também beneficia as lojas. Quer saber como? Acompanhe o post!

Marketplace: exigências que impulsionam as vendas

Regularização da empresa

Alguns ambientes exigem que o lojista apresente marca registrada e CNPJ. Se você está iniciando no universo das vendas online, saiba que estes são cuidados que fazem bem ao seu negócio. A formalização da empresa profissionaliza a sua loja e possibilita a emissão de notas fiscais. É importante destacar que lojas virtuais, assim como as físicas, também devem emitir notas quando vendem um produto. Se o seu e-commerce ainda é pequeno, você pode começar se registrando como Microempreendedor Individual (MEI) ou abrindo uma microempresa.

Categorização de produtos

Também é comum que o marketplace coloque campos obrigatórios durante a inclusão de um novo produto. A categoria a que a mercadoria pertence é um exemplo. Esta é uma exigência que ajuda a organizar a lista de produtos disponíveis no site e garante que os internautas encontrem o que precisam com maior rapidez. Isso ajuda a impulsionar as suas vendas porque contribui para que mais consumidores interessados visualizem os seus produtos.

Imagens

Outra exigência dos marketplaces são imagens dos produtos anunciados. Quem compra na internet quer visualizar os produtos antes de concluir o negócio. Por isso, imagens são essenciais para garantir mais venda. Impulsione as suas vendas: capriche na qualidade das fotografias dos seus produtos. Aposte em uma boa iluminação e inclua imagens que mostrem diferentes ângulos do item.

Avaliação dos consumidores

Alguns marketplaces exigem que os seus lojistas tenham boas referências dos consumidores. Dependendo do site escolhido, o anunciante não é aceito se tem nota inferior a regular em sites como o Reclame aqui. O que o lojista precisa fazer, nesse caso, é trabalhar estratégias para aumentar a sua qualificação. Ou seja, procurar solucionar os problemas citados nas reclamações e analisar melhorias que aumentem a qualidade dos serviços prestados pela loja e, consequentemente, a sua avaliação. Este aprimoramento no atendimento reflete diretamente em mais clientes comprando da empresa.

Pontualidade nas entregas

Em algumas plataformas, atrasos frequentes podem levar ao bloqueio da sua conta. É claro que podem acontecer contratempos, mas, de forma geral, é importante ficar atento aos prazos prometidos aos clientes e cumprir as datas pré-definidas. Melhorar a qualidade do frete da sua loja e entregar o produto em dia são ações que levam a um aumento na satisfação do público. E consumidor satisfeito compra mais da sua loja!

E você, o que pensa das exigências dos marketplaces? Comente a sua opinião.

Conte com a Plugg.to para integrar seu e-commerce aos principais marketplaces. Conheça nosso Hub de Integração.