Ter um site responsivo ou web app é uma das grandes dúvidas dos donos de lojas virtuais. Apesar de muitos profissionais do e-commerce voltarem seus esforços somente para o site responsivo, acredite: ter os dois é essencial para o seu negócio.

Mas, antes de tudo, vamos ao site ou layout responsivo: trata-se de uma adaptação do seu site para qualquer tipo e tamanho de tela. Seja em um desktop ou numa pequena tela de celular, o cliente terá o layout personalizado para aquele dispositivo.

A importância do layout responsivo para loja virtual:

Uma loja virtual cujo site é responsivo pode facilitar e tornar mais agradável a navegação de um cliente. Com o aumento de pessoas utilizando smartphones nos últimos anos, o m-commerce gerou muitas vendas e tornou-se uma importante arma de vendas on-line.

Segundo o relatório da Ebit – Webshoppers 2017 25,5% das transações do e-commerce foram feitas por dispositivos móveis. Tais números nos mostram que o m-commerce é sim uma realidade e precisamos dar total atenção para aumentar as vendas no móbile.

Apesar de um site responsivo tornar a navegação mais intuitiva e com layout mais amigável, em todos os tipos de tela, existem diferenças importantes do ponto de vista da experiência do usuário em relação a um Web app.

Para muitos especialistas o site responsivo não torna a navegação clara e intuitiva, além de gerar distorção de imagens nas diferentes telas de Tablets e Smartphones. E esses problemas podem fazer com que os usuários desconfiem de uma loja virtual. Fique atento!

É extremamente importante uma loja virtual com layout adaptável tanto a um desktop quanto para um notebook, mas pode não ser o suficiente quando falamos da experiência de compra do cliente.

Site responsivo ou Web App?

Eis uma dúvida que percebi existir nos últimos tempos. Site responsivo ou Web App? Devo usar um só ou os dois? Vamos lá:

O Web app é um aplicativo desenvolvido especificamente para o m-commerce. Seu layout é totalmente diferente e feito exatamente para telas de mobiles como tablets e smartphones.

Nessa modalidade, imagens, botões e funcionalidades são desenvolvidas para o uso nas telas menores, tornando a navegação mais intuitiva e a experiência de compra mais fluída.

Caso uma loja virtual tenha também um Web App, o servidor pode verificar de qual canal o cliente está acessando. Se for de um smartphone, consegue direcioná-lo para esse layout mais amigável.

Mas, não confunda um Web App com os aplicativos que rodam nos sistemas operacionais dos móbiles, geralmente Android (Google) e IOS (Apple). Eles têm outras funcionalidades que trataremos em seguida.

A diferença entre aplicativo mobile e web app

A maior diferença entre um aplicativo mobile e um web app é que o aplicativo mobile roda direto no sistema operacional do aparelho. Ou seja, ele é instalado no aparelho.

Por isso, um aplicativo mobile é a cereja do bolo para sua loja virtual. Quando um cliente instala o aplicativo da sua loja no celular, automaticamente terá funcionalidades específicas do aparelho.

Localização por gps, conexão via bluetooth, câmera, agenda telefônica e claro, mais velocidade na navegação.

E tudo que for feito via aplicativo também se tornará dado para que você tenha um melhor planejamento de vendas para aqueles clientes. Com um bom planejamento será possível gerar promoções específicas para quem instala o seu aplicativo.

Planejar as vendas no m-commerce

Por isso, faça um bom planejamento como foco nos seus principais objetivos e avalie as possibilidades para suas necessidades e metas de vendas.

  • Mapeie o hábito de consumo dos e-consumidores do seu móbile commerce
  • Faça campanhas personalizadas para m-commerce.
  • Crie um site responsivo para desktop e notebook
  • Construa seu próprio aplicativo para smartphones
  • Ofereça uma experiência de compra rápida e intuitiva
  • Análise os principais KPIS (indicadores) do seu m-commerce diariamente

E o principal: esteja sempre preparado para inovação, crie novas formas de conectar o seu produto com a sua buy persona. Cuide do seu cliente, sempre!

Motivos para ter um m-commerce

O Brasil deve contar com 236 milhões de aparelhos em uso, até 2018, um crescimento de 40% em relação aos números atuais.

35% das pessoas de alta renda usam o smartphone para realizar pagamentos semanalmente.

Em 2017, as transações bancárias por celular ultrapassaram o internet banking. (Relatório FEBRABAN).

Aumento na taxa de conversão em 450% entre 2014 e 2015.

Por isso, a dúvida entre site responsivo ou web app é pertinente e nos leva a considerar ter o melhor para os nossos clientes tanto no desktop quanto no mobile.

*Dados google mobile e accenture