Nos últimos dias os caminhoneiros iniciaram uma greve. Protestando contra aumentos nos combustíveis e outras reivindicações, eles estão parados nas estradas a cerca de 7 dias. Os impactos para sociedade são vários. E isso afeta o e-commerce e as entregas das lojas virtuais.

A falta de gasolina para os veículos circularem normalmente acaba atingindo todos os tipos de automóveis e, desta forma, realizar entregas de pedidos é extremamente complexo ou impossível.

Para termos uma noção dos impactos nas entregas dos pedidos, durante a greve, cerca de 38% das encomendas não foram entregues segundo os Correios. Em nota a empresa afirma: “A empresa está postando normalmente as encomendas Sedex convencional e PAC, porém os prazos de entrega desses serviços estão comprometidos em função dos protestos dos caminhoneiros e suas implicações como, por exemplo, falta de combustível nos postos”

A Greve dos Caminhoneiros derrubando as vendas online

Com todas as dificuldades que abordamos anteriormente, o impacto nas vendas das lojas virtuais torna-se “natural”. Segundo os varejistas a queda na venda das lojas virtuais chega a quase 49%. O que reforça o quão dependente destes serviços de entregas são todas as empresas de vendas online.

O prazo mais extenso para entregas e o receio de não receber um produto podem ser alguns dos motivos que levam as pessoas a não comprar neste momento de greve dos caminhoneiros.

A greve se iniciou no dia 21 de maio e enquanto este artigo é escrito a greve prossegue. O planejamento de uma loja virtual deve ao menos prever imprevistos como estes e apontar algumas soluções paliativas a fim de amenizar os estragos junto aos clientes.

Se você não sabe como construir o planejamento da sua loja, fizemos um post sobre plano de negócio para e-commerce.

Para que suas vendas que já foram afetadas não se tornem um problema de relacionamento com seus clientes seja precavido. Realize um trabalho de pós-venda identificando os possíveis atrasos e informando seus clientes.

É imprescindível que uma equipe de atendimento esteja em contato com os consumidores que terão a entrega dos seus pedidos afetadas para que eles tenham atualizações sobre o andamento dos mesmos.

Realize uma assessoria aos consumidores neste momento e não deixe nenhum dos seus clientes sem atualizações sobre o status dos seus pedidos. Além disso, informa em sua página inicial, em destaque, quanto tempo os pedidos levarão para chegar ao destino devido a greve dos caminhoneiros.

Seja sempre realista com seus clientes e a fidelização será o retorno automático.

Boas Vendas!

 Ps: Já está sabendo do nosso E-book? Nunca mais tenha um produto reprovado nos marketplaces!