You are currently viewing Desvantagens de vender em marketplaces sem um hub de integração

Segundo pesquisa realizada pela ABComm, Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, o e-commerce teve uma inserção de 11,5% no varejo total de em 2021 superando as expectativas traçadas pela Neotrust e BGT, que tinham previsto um número bem mais abaixo, por volta de 8, 1%.

Segundo pesquisa realizada pela ABComm, Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, o e-commerce teve uma inserção de 11,5% no varejo total de em 2021 superando as expectativas traçadas pela Neotrust e BGT, que tinham previsto um número bem mais abaixo, por volta de 8, 1%.Enquanto isso, os marketplaces representam cerca de 80% desse volume total de transações no e-commerce, com empresas como Mercado Livre, Amazon, Magalu, Americanas, Shoppe e muitas outras.

Os marketplaces são, hoje, o maior ponto de foco do varejo digital. Essa concentração de atenção acabou transformando os negócios que vendiam através desses canais de venda.

Apesar da alta competitividade e das constantes mudanças implementadas pela plataforma, sempre visando atrair mais varejistas e, consequentemente, oferecendo mais opções de compra para os clientes, há espaço para todos.

ilustracao-desvantagens-de-vender-sem-um-hub

Porém, a dificuldade em atender a todas as demandas e na gestão das suas vendas pode acabar se tornando o calcanhar de aquiles do seu empreendimento

Mas como fazer a gestão do meu negócio?

Você já ouviu falar sobre os hubs de integração? São ferramentas que têm como único objetivo auxiliar o lojista a melhorar as suas vendas.

Esse software consegue sincronizar todas as informações das suas lojas em cada marketplace e colocá-las em único painel, centralizando assim todo o controle operacional do seu negócio, além de automatizar e facilitar processos que antes eram manuais.

Dependendo do hub integrador, ele pode oferecer funcionalidades exclusivas que visam melhorar ainda mais a gestão do seu negócio.

Dica relevante: dê preferência para aqueles hubs que possuem parceria e integração com empresas de vários segmentos e tamanhos.

Com um leque de opções maior e abrangente, você com certeza vai achar algum marketplace que combine com o seu negócio.

Caso queira saber mais sobre, acesse nosso canal no Youtube e aprenda tudo sobre o que é um hub de integração e como vender em marketplaces.

Agora que você já sabe por que a presença de um integrador é importante, descubra 4 desvantagens que o seu negócio terá ao vender em marketplaces sem um hub de integração!

Desvantagens de vender sem hub de integração com marketplaces

1. Furo no estoque

Esse é um dos erros mais comuns e também um dos mais graves, pois é o resultado do alto volume de vendas com os canais que não trocam informações entre si, logo números importantes como a quantidade de estoque podem se perder muito facilmente.

Esse problema a longo prazo pode levar a danos graves na sua reputação devido a alta taxa de cancelamentos de pedidos por parte dos clientes, o que é uma prática muito mal vista pelos marketplaces.

2 - Cadastro de produtos manualmente

Não é surpresa para ninguém que processos realizados de forma manual são completamente suscetíveis a erros, mas esse em especial é realizado de forma repetitiva e em larga escala por conta do grande volume de produtos que são catalogados.

Essa prática pode vencer o lojista pelo cansaço e fazer com que o seu anúncio perca a qualidade ou seja recusado por falhas técnicas.

Ainda por cima, a quantidade de trabalho pode triplicar caso o lojista anuncie em mais de um marketplace.

3 - Demorar muito em tarefas simples, como a emissão de nota fiscal

O processo de fazer a emissão da nota fiscal por contra própria demanda várias etapas e é trabalhoso, são diversos documentos exigidos para realizar a expedição.

Além disso, erros de informação na hora de preencher a emissão podem acabar causando problemas jurídicos futuramente.

4 - Atraso na entrega

Sem um hub de integração para auxiliar no controle operacional, fornecendo informações em tempo real do status de despacho dos produtos , acaba sendo comum atraso nas entregas por má gestão de tempo.

Um exemplo disso é a necessidade de acessar cada plataforma para o recebimento e confirmação de pedidos manualmente.

Então qual hub de integração usar?

A prioridade dos marketplaces e dos clientes que compram por eles é voltada em cima de um fator: a experiência de compra. Ela precisa ser a melhor possível sempre, envolvendo uma operação ágil, fácil e com um atendimento e pós-venda atencioso.

Para conseguir se concentrar em proporcionar a melhor experiência possível, é necessário ter a parte operacional na palma da mão, com tudo sendo executado da forma mais prática e assertiva possível.

No final das contas, todos esses problemas e contratempos podem ser evitados utilizando um hub de integração e, talvez você esteja diante de um ideal para você.

Se quiser saber mais acesse o nosso site ou fale com um dos nossos consultores!