You are currently viewing Como expandir minha loja no Mercado Shops para mais marketplaces?

Nos últimos anos nós presenciamos uma verdadeira revolução e expansão da forma como se é comercializado produtos pela internet, pois os marketplaces acabaram ganhando uma enorme popularidade pelos seguintes motivos:

Custo-benefício

Grande parte dos lojistas não conseguem arcar com a criação de um e-commerce próprio, pois demanda um gasto elevado e acaba sendo inviável para quem está iniciando sua jornada no comércio eletrônico.

Em contrapartida, os marketplaces oferecem uma alternativa bem mais acessível, pois a única cobrança realizada é a comissão que pode variar de acordo com cada marketplace em cima de cada venda realizada.

ilustracao-dinheiro-reducao

De um modo geral essa taxa fica entre 10% e 16% na grande maioria dos canais de venda presentes no país. Ou seja, você só será cobrado se estiver já lucrando de alguma forma.

Portanto, é primordial que você saiba precificar corretamente os seus anúncios e para isso o hub de integração Plugg.to pode te ajudar.

Faça um teste drive das nossas calculadoras para marketplaces, nelas você pode calcular a sua margem de lucro e o preço ideal do seu produto levando em consideração outros custos.

Maior visibilidade e alcance

Ao colocar seus produtos em grandes canais de venda como Amazon, Magazine Luiza, Lojas Americanas e o próprio Mercado Livre, você estará apresentando o seus produtos para o alto tráfego de usuários que diariamente navegam por essas plataformas.

Utilizando uma alegoria mais direta, seria como expor sua mercadoria na vitrine de uma grande loja, localizada no Shopping Center mais frequentado da terra, a internet de um modo geral.

Crescimento exponencial

Diferente do que muitos pensam, a crescente dos marketplaces vem antes do próprio impulsionamento causado pela pandemia. Segundo dados divulgados pela Ebit/Nielsen, em 2017 o e-commerce movimentou por volta de R$ 47,7 bilhões em todo o país. E desse montante, cerca de R$ 8,8 bilhões vieram diretamente dos marketplaces.

Em 2018 foi o período de consolidação das grandes plataformas, já que sua fatia de participação obteve um crescimento de mais de 90% em comparação com o ano inteiro.

Já em 2019, segundo dados da Abcomm, as transações em marketplace representaram aproximadamente 35% de todas as negociações feitas na internet em nosso país.

O E-commerce criado pelo Mercado Livre

Apesar da febre dos marketplaces, os sites próprios nunca deixaram de crescer e ser um objetivo a ser alcançado dos lojistas, o desejo de ter um empreendimento com a própria cara.

Para isso, um dos maiores canais de venda do mundo e o maior da América Latina, o Mercado Livre, acabou criando uma solução que funciona em conjunto com todo seu ecossistema, Mercado Shops.

Mas afinal de contas, o que é o Mercado Shops?

A ferramenta criada pelo Meli possibilita que os vendedores tenham sua própria loja virtual e a use para potencializar seus lucros em conjunto com o marketplace. É uma plataforma de elaboração de e-commerces.

Só para deixarmos claro a diferença entre as duas, o Meli é um marketplace em que diversos vendedores anunciam os seus produtos utilizando o site da marca, enquanto o outro você cria o seu espaço de venda com domínio próprio.

O grande diferencial do Mercado Shops é que mesmo ele sendo vinculado ao Mercado Livre, ele permite que você ative e personalize a loja do jeito que quiser e que faça sentido com a sua marca.

Além disso, ela é uma plataforma em sua essência gratuita, ou seja, não cobra taxa de manutenção, mensalidade ou comissão por venda realizada, com exceção dos anúncios Premium.

Como funciona o Mercado Shops?

Para ativar a sua conta na plataforma é muito simples, basta usar o telefone, e-mail ou a conta que já é utilizada no Mercado Livre.

load more cuate

Inclusive, já que a gestão dos produtos é integrada entre os canais, os produtos que estão no seu catálogo no marketplace também ficam disponíveis no Mercado Shops. Porém, você pode criar anúncios, estratégias e condições diferenciadas em cada um. A vinculação do estoque é feita automaticamente.

Ao usar o Mercado Envios para despachar produtos vendidos na sua loja virtual, você terá até 50% de desconto no custo para o frete grátis em 24 horas, e também pode ter até 90% de desconto no Mercado Ads.

Os modelos de pagamentos que o lojista pode disponibilizar em seu e-commerce são o Mercado Pago, débito e crédito à vista ou parcelado, com ou sem juros.

Por ser uma plataforma recente e que está de olho nas tendências tecnológicas, ela possui integração com diversas redes sociais como Instagram e Facebook. O lojista pode tanto divulgar como de fato vender por esses sites.

Vale a pena vender no Mercado Shops?

Se levarmos em consideração que grande parte da dificuldade que os vendedores encontram na hora de montar uma loja virtual própria é o custo, aqui esse problema não somente está resolvido como apresenta uma série de benefícios:

  • Utilizar o ecossistema solidificado e abrangente do Mercado Livre de forma gratuita
  • Como os dois canais são interligados, os pedidos realizados no Mercadoshops impactam a sua reputação no Meli e assim você ganha rapidamente as medalhas do Mercado Líder
  • Se você vende ativamente no marketplace, pode acabar utilizando a loja virtual para atingir um maior número de seguidores utilizando outras abordagens
  • Caso você tenha um hub de integração parceiro do Mercado Livre como a Plugg.to pode vender em varios marketplaces ao mesmo tempo

Com a evolução do varejo digital, hoje em dia é possível utilizar vários canais de venda e ter o seu próprio ao mesmo tempo, porém na medida que seu negócio cresce ele também fica mais complexo.

Para isso existe a Plugg.to, um hub de integração de marketplaces que é responsável por otimizar e automatizar a operação do seu negócio, além de possuir funcionalidades exclusivas com os vendedores do Mercado Livre.

Quer saber como o integrador da Plugg.to pode ajudar na suas vendas tanto via e-commerce quanto marketplaces? Então acesse o link abaixo