Todos sabem que o comércio online vem crescendo cada vez mais, todos os anos pesquisas apontam o crescimento deste tipo de varejo e apontam com dados e fatos as vantagens de investir nas vendas online.

Uma das formas de vender online é através dos e-commerces, geralmente formados por lojistas que através de uma plataforma conseguem vender seus produtos para um maior número de consumidores. Estes e-commerces, em sua grande maioria, são segmentados e possuem uma gama grande de produtos que atendem seu público com facilidade.

A comodidade de comprar online faz com que esse tipo de comércio tenha um crescimento cada vez mais significativo, nesse ambiente o consumidor consegue verificar diferentes preços, possui uma variedade de mercadoria maior, consegue comparar fichas técnicas e ainda tem a possibilidade de receber o produto escolhido no conforto da sua casa.

 

Alguns números que indicam o crescimento do e-commerce

Em 2016, a Google fez uma estimativa de que, até 2021 as vendas online no Brasil iriam duplicar e atingiriam cerca de R$85 Bilhões em vendas, representando um crescimento de 12,4% em relação a 2016. 

A SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo) estima que até o final de 2020 o e-Commerce no Brasil deve crescer cerca de 43% em comparação com os anos anteriores, esse crescimento se deve por conta do aparecimento de novas formas de pagamento online, o aparecimento de empresas de cashback e demais serviços que passam a ser prestados por estas redes.

No cenário geral, estudos apontam que durante o ano de 2020 é esperado que 50% das compras sejam feitas online, isso significa que lojas físicas não serão a primeira opção do consumidor. O mercado está se adaptando a rotina agitada do cliente, oferecendo cada vez mais opções para que o mesmo realize suas compras de maneira confortável sem sair da sua rotina.

 

As tendências para o e-commerce

Mobile

Cada vez mais as pessoas estão consumindo através do Mobile, esse dispositivo está presente na maioria na massa e ele não deve ser ignorado. 

Atualmente, se seu site não é responsivo para dispositivos Mobile, as chances de perder venda é maior. O aumento de vendas através de Celulares e Tablets está se equiparando cada vez mais aos Desktops, e a tendência é ultrapassar. 

 

Chatbots Inteligentes

Personalizar as respostas dos chatbots para melhorar a experiência dos clientes é uma aposta que vem gerando resultados positivos para as empresas que implementaram em seu sistema.

Em geral, esses chatbots oferecem uma experiência diferenciada, que automatiza o atendimento ao cliente, oferecem produtos já direcionados às necessidades deste consumidor, ou até de um produto que teve abandono de carrinho.

 

Experiência Personalizada

O ambiente competitivo das vendas online fazem com que os varejistas se tornem cada vez mais criativos para trazer uma experiência diferenciada para o cliente.

E atualmente a experiência de varejo omnichannel se torna o maior diferencial entre os lojistas, basicamente essa experiência faz com que o consumidor não precise de muito esforço para realizar uma compra, outros tipos de experiências personalizadas que fazem sucesso é a de entrega expressa, onde o cliente recebe em algumas horas o produto.

 

Ferramentas de realidade aumentada

É cada vez mais comum vermos filtros em aplicativos de fotografias de simulam situações, objetos ou até mesmo lugares, agora imagine expandir isso para o ambiente de compras? O consumidor possui a chance de ver como um móvel irá ficar na sua sala antes mesmo de realizar sua compra, ou poderá ver como vai ficar com o óculos novo, ou com aquela blusa nova, tudo isso antes de clicar no botão de Compra. 

Ferramentas como essas estão cada vez mais próximas de se tornarem realidade e por conta disso acaba sendo uma tendência para os próximos anos. 

 

Essas novidades que vêm aparecendo fazem com que o crescimento do mercado online seja cada vez mais significativo. Vender em Marketplaces também faz um diferencial para se destacar dentro do mundo dos e-Commerces, e nessas horas ter um HUB de Integração faz toda a diferença